Configurando um ambiente LaTex para escrever simples monografias

Estou cursando uma matéria de pós-graduação onde teremos que escrever ao menos 4 monografias em grupo durante o semestre.

Sugeri ao meu grupo que utilizássemos o LaTex para edição das monografias, ainda que nenhum dos integrantes tivesse familiaridade com o mesmo.

Como toda novidade, a utilização do Latex para edição de textos possui sua curva de aprendizado. No entanto, as eventuais dificuldades iniciais experimentadas para a produção de textos utilizando Latex são certamente inferiores ao número de problemas que serão enfrentados ao tentar se consolidar e formatar textos de pessoas diferentes num editor de texto como o Word por exemplo.

Caso utilizássemos o Word ou outro editor semelhante, teríamos que previamente definir formatações a serem utilizadas por todos os membros do grupo como tamanho de parágrafo, fonte, recuo, organização e formatação de seções, etc, etc. Alguém teria que ser responsável por consolidar os textos gerados individualmente e certamente passaria horas formatando a posição de figuras, corrigindo formatações, etc. E quem nunca passou por aquela sensação de que o editor de texto se acha super esperto e vive fazendo coisas que você nunca pediu que ele fizesse automaticamente?

Pois é, com o Latex todo este sofrimento acaba e você finalmente pode se concentrar no que é importante: escrever o texto. Isto se torna ainda mais evidente quando se trabalha em grupo, como é o caso.

O objetivo deste tutorial é ajudar a qualquer pessoa com um pouco de boa vontade a configurar rapidamente um ambiente para escrever e compilar um documento TeX.  Vou dar os passos para configurar um ambiente de edição de textos em Latex para Windows e fornecerei também um modelo/template para ser utilizado em uma monografia por exemplo.

Então vamos começar!

  1. O primeiro passo é realizar o download do MikTex. A versão mais recente do MikTex pode ser econtrada em http://miktex.org/ (é só clicar em Download na barra lateral do site). O MikTex é uma implementação do TeX para Windows e este programa é responsável pela compilação dos arquivos “*.tex”. Sua instalação é bem tranquila e facilmente guiada pelo programa de instalação. É recomendável que a máquina esteja conectada à Internet durante a instalação do MikTex pois vários pacotes são baixados enquanto a instalação é realizada. Existem tipicamente duas modos de instalação, o modo Básico e o modo Completo. Se você tiver um tempo reservado para isto, e espaço em disco, recomendo a instalação completa, que economizará tempo futuro tentando entender porque um texto não está compilando por falta de algum pacote.
  2. Após a instalação do MikTex, uma recomendação que eu já faço é realizar a adição da língua portuguesa como uma das línguas suportadas. A partir do menu Iniciar do Windows e no grupo de programas do Miktex, deve-se executar o programa “Settings”.  Este programa abrirá uma janela com diversas “tabs” para configuração. Na tab “Languages”, selecione o checkbox referente a língua portuguesa. Em seguida selecione o tab “Packages” e no item “Language support”, novamente inclua a língua portuguesa. Aplique as modificações realizadas.
  3. Um passo opcional é a instalação do GSView, uma interface gráfica para o interpretador de arquivos PS (postscript) Ghostscript. Um instalador para o Windows pode ser obtido em http://pages.cs.wisc.edu/~ghost/.
  4. Agora que o MikTex já está instalado, vou recomendar a instalação de um editor de arquivos TeX que tem sido muito útil para mim no ambiente Windows: o TexnicCenter. Minha tese de mestrado foi escrita utilizando este editor e suas principais vantagens, na minha opinião são: sua fácil instalação e configuração, teclas de atalho para tags TeX bem úteis, sua fácil utilização e uma interface com usuário bastante simples.  Basta realizar o download do programa no site da ferramenta: http://www.texniccenter.org/. Uma vez instalado e na primeira vez que o Texnic é executado, ele pede que o usuário indique a pasta onde se encontram os binários do compilador TeX (no caso o MikTex). Assim, é preciso que você verifique em seu computador onde o arquivo “latex.exe” se encontra. Só para exemplificar, em minha máquina este caminho é: “C:\Program Files\MiKTeX 2.6\miktex\bin\”.

Pronto! Agora o ambiente já está instalado e você está preparado para iniciar a escrever documentos em LaTex. Se você tem tempo disponível  eu sugiro que  leia este documento de  “Introdução ao LaTex”.

Mas se você não tem tempo disponível e quer mesmo começar a escrever seu trabalho, segue aqui um modelo de documento organizado em capítulos que pode ser utilizado para escrever uma monografia.

Descompacte o arquivo em seu computador e abra o arquivo mestre “monografia.tex” no Texnic Center. Se você quiser testar o ambiente, basta compilar este arquivo. O texto deve ser compilado sem erros (“Errors”) ainda que uma série de “Warnings” apareça (estes “Warnings” são naturais quando o texto é compilado pela primeira vez.).

Neste modelo, o documento gera citações no formato ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e por este motivo deve-se instalar o pacote abnTex, disponível em http://abntex.codigolivre.org.br/. Basta seguir as instruções fornecidas pelo site para instalação do pacote.

Editar textos com o auxílio do LaTex exige que inicialmente você se familiarize com alguns tags e algumas operações tais como citar um artigo ou adicionar uma figura. Este aprendizado vai acontecendo aos poucos e a Internet é uma excelente fonte de ajuda com muita informação disponível. Sempre que possível, postarei aqui algumas dicas.

Anúncios

7 ideias sobre “Configurando um ambiente LaTex para escrever simples monografias

  1. me

    Olá

    O meu teXnicCenter nao me pediu diretório do “latex.exe”. ONde eu configuro isso? É por isso que nao gera nada?

    Curtir

    Resposta
    1. xaoquadrado Autor do post

      Olá,
      No menu do TexnicCenter selecione Build -> Define Output Profiles e no canto inferior esquerdo da tela, selecione o Wizard, que te guiará mais facilmente no processo de definição do compilador dos arquivos *.tex.

      Curtir

      Resposta
  2. MJC

    Olá!

    Obrigado pelo texto, ajudou bastante. No entanto, ainda restou uma dúvida. Sabe como faz para colocar as referências no formato IEEE e linká-las no texto, como por exemplo, [1]?

    Obrigado
    MJC

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
    1. xaoquadrado Autor do post

      Olá MJC, supondo que você domine como realizar citações, para citar no formato IEEE você pode utilizar os arquivos IEEEtranS.bst ou IEEEtran.bst, que são arquivos de configuração de estilo de bibliografia. Estes arquivos podem ser encontrados no site do IEEE (uma busca no Google deve ajudar). Em seguida vc deve copiá-los para a pasta /bibtex/bst e indicar no seu documento Latex que vc deseja utilizar este estilo:
      \bibliographystyle{IEEEtran}

      Curtir

      Resposta
  3. Pingback: Latex! | Filipe Roberto Silva Latex! |

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s