Guia de Instalação do OpenCV no Linux

*** Última revisão: 27/03/2013 – O procedimento foi validado para versão 2.4.4 do OpenCV no Ubuntu 12.04. Atualizado link oficial do OpenCV (opencv.org).

*** Nota: veja também o post “Instalação do OpenCV 2.3.1 no Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot”

Este é o meu guia de instalação manual do OpenCV no Ubuntu:

  1. Faça o download da última versão do OpenCV. O link para download do arquivo compactado pode ser encontrado no site oficial do OpenCV.
  2. Através do Synaptic instale o CMake (pacote cmake) e a interface gráfica para o CMake (pacote cmake-qt-gui). Apesar da instalação da interface gráfica do CMake não ser realmente necessária, ela é simples e facilita bastante a visualização das variáveis durante o  processo de configuração.
  3. Em seguida, prepare-se para navegar pelo Synaptic em busca de vários pacotes necessários que devem ser instalados antes da compilação do OpenCV na máquina. A página http://opencv.willowgarage.com/wiki/InstallGuide dá uma lista simplificada de quais bibliotecas devem ser instaladas e quais podem ser opcionalmente instaladas. Ao procurar as bibliotecas correspondentes no Synaptic, lembre-se sempre de instalar, além da biblioteca, o pacote de desenvolvimento (tipicamente identificado com a extensão dev). Segue a lista de tudo que instalei antes de prosseguir com a compilação do OpenCV  (incluindo pacotes opcionais) que foram necessários na minha compilação:
    • Python 2.7 (era a versão que eu já tinha instalada na máquina, opcional para quem não usa Python). Para quem usa Python, é importante instalar o pacote python-dev via Synaptic. Além disso, certifique-se que o Numpy também está instalado. Se não estiver, e você pretende programar em Python, recomendo a instalação do SciPy. Todos disponíveis via Synaptic.
    • Intel TBB (procure por libtbb no Synaptic)
    • Qt 4.6 ou superior (procurar por libqt)
    • pkg-config
    • gtk+ 2.x e pacotes relacionados (glib, gthread etc.)
    • Para manipulação de imagens: as seguintes bibliotecas e seus pacotes dev correspondentes: libjpeg, libtiff, libjasper, libpng, zlib, libopenexr. Por exemplo, se você for instalar o pacote libjpeg62, não deixe de instalar também o libjpeg62-dev.
    • Para trabalhar com vídeo: ffmpeg, libgstreamer, libxine, unicap, libucil, libv4l, libdc1394 2.x (já falei para não esquecer os dev correspondentes?)
  4. Uma vez instaladas estas bibliotecas, pode-se iniciar o processo de configuração via CMake. Escolha uma pasta onde residirá o fonte do OpenCV. O arquivo de distribuição do OpenCV pode ser descompactado, por exemplo, na pasta /usr/local/src. Após a descompactação, crie embaixo da pasta OpenCV 2.2 gerada, uma pasta com um nome qualquer (build ou release são nomes comumente usados)  onde serão gravados os arquivos do resultado da compilação.
  5. Abra o CMake GUI que deve estar no menu Applications->Programming. Indique o caminho para os arquivos fontes e a pasta onde devem ser colocados os binários (veja na figura abaixo um exemplo).

    Screenshot do CMake

    Screenshot do CMake

  6. A partir da interface gráfica do CMake é possível verificar os valores das variáveis de configuração. Dê uma lida em todas elas e habilite por exemplo a utilização de bibliotecas opcionais que você instalou. A cor vermelha indica variáveis que ainda não foram processadas corretamente pelo CMake. Clique no botão “Configure” e leia atentamente as mensagens resultantes. Dependendo das opções escolhidas uma ou outra biblioteca pode estar faltando ser instalada. Uma mensagem indicando que tal biblioteca não foi encontrada indica que provavelmente você terá que instalá-la. (Por exemplo, se você habilitar a variável BUILD_LATEX_DOCS, você deverá ter na sua máquina uma distribuição Latex instalada).
  7. Vá clicando em “Configure” até que todas as pendências tenham sido resolvidas e o botão “Generate” fique habilitado.
  8. Clique em “Generate”, esta etapa é rápida e não deve resultar em erros.
  9. Abra uma tela de terminal na pasta do fonte do OpenCV 2.2. Digite “make”. Vá tomar uma café, e se nenhuma mensagem de erro aparecer, digite “sudo make install” para concluir a instalação do OpenCV.
  10. Na minha experiência, podem ser necessárias algumas repetições dos passos 6 a 9, até que todas as pendências tenham sido resolvidas e a compilação ocorra com sucesso.
  11. Para testar a instalação do OpenCV, no diretório release ou correspondente e entre no subdiretório bin. Execute, por exemplo, ./delaunay ou ./opencv_test_core.
Anúncios

5 ideias sobre “Guia de Instalação do OpenCV no Linux

  1. Alessandro

    Amigo, consegui instalar o opencv sem problemas, acredito que tenha realizado os mesmo passos que estão descritos em seu tutorial porém estou tento problemas para linkar as libs no Code::Blocks, aparentemente mudaram de nome na versão 2.2.

    Até a versão 2.1 eu utilizava -lhighgui -lcxcore -lml … porém esses nomes não são mais válidos.

    Sabe resolver esse problemas?

    Curtir

    Resposta
  2. Cassio

    Fiz os passos mas quando executo o comando make dá erro.
    Já entei mudar opções e até agora nada.
    Instalando dos repositórios minha webcam não está sendo reconhecida.
    Utilizo Fedora 64 bits e preciso da bilioteca opencv.

    Curtir

    Resposta
    1. xaoquadrado Autor do post

      Oi Cassio,
      Você está usando o cmake? Tem como vc enviar alguma mensagem de erro informativa para investigar o problema?

      Curtir

      Resposta
      1. Cassio

        Troquei para ubuntu e agora está funcionando.Estou usando a opencv 2.1 que vem nos repositórios mesmo.

        Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s