Se você não consegue fazer seu Internet Banking funcionar direito no Linux, então faça seu Banco funcionar direito!

Já postei mais de uma vez neste blog a dificuldade de acessar adequadamente as funções de alguns Internet Banking no Linux.

Como já comentei em posts anteriores,  e alguns comentários a estes posts já apontaram, o problema não está relacionado ao Linux mas à plataforma software escolhida pelos desenvolvidores destas aplicações e frequentemente relacionada à implementação Java requerida.

Um dos problemas mais antigos que tenho é ao acessar minha conta do Banco Santander .

Acontece que na minha máquina está instalado o Runtime do Java OpenJDK e não tenho nenhuma vontade ou necessidade forte de instalar o Java da Sun (cof, cof, Oracle).

A minha bronca  com estes sistemas é que, em nome da segurança, ou da preguiça e falta de vontade de investir em sistemas realmente inteligentes, eles acabam sendo totalmente capengas e cheios de falhas e, via de regram, deixam você na mão bem na hora que você mais precisa.

Pois bem, num destes finais de semana chuvosos, quando ter que sair para pagar uma conta no caixa automático era um insulto, resolvi concentrar todo meu mau humor no Call Center do Santander.

Liguei para lá, num sábado de manhã, EXIGINDO que ELES DESBLOQUEASSEM o acesso via módulo de segurança. Soltei os cachorros de atendente em atendente para a qual fui sendo redirecionada, até chegar em algum pobre profissional técnico de plantão que foi bombardeado pelas minhas reclamações referentes à implementação do tal modo de segurança.

Obviamente, recebi uma série de justificativas, tais como: que a maioria dos usuários era de Windows e Internet Explorer e que eles eram obrigados a implementar estas medidas de segurança porque alguns usuários ingênuos sempre informavam seus dados de conta corrente e agência como resposta a emails maliciosos, abriam arquivos power points com vírus ou acessavam suas contas bancárias em lan houses infectadas com programas que capturavam seus dados de senha.

Oras bolas! E por um acaso, eu tenho que pagar o pato por isso?

Argumentos tolos, num mundo de smartphones, tablets e uma variedade de sistemas operacionais e milhares de portas para falhas de segurança.

Apelei e disse que ia abrir uma reclamação no Banco Central baseada no fato de que o banco me cobrava tarifas que incluíam a manutenção de um serviço que eu nunca solicitei e uma medida de segurança adicional que só visa proteger o próprio banco e não o cliente (afinal eles ainda não oferecem um tal seguro para quem quiser realmente se proteger de prejuízos contra saques impróprios).

Enfim, eu simplesmente EXIGI, como boa cliente, que eles eliminassem o tal módulo de segurança.

Chamado aberto. Desabafos realizados.

Quatro dias depois recebi a ligação de um profissional técnico de alto nível, daqueles que deu para conversar de igual para igual.

De maneira muito atenciosa, ele disse que estavam atendendo ao meu pedido e que FINALMENTE eu poderia usar o Internet Banking na minha máquina Ubuntu com OpenJDK.

Além disso, ele comentou que o setor técnico do banco já estaria mapeando a necessidade de outros clientes, que assim como eu, também não estavam satisfeitos com o tal módulo de segurança.

Enfim, problema solucionado…pelo menos por enquanto.

Anúncios

2 ideias sobre “Se você não consegue fazer seu Internet Banking funcionar direito no Linux, então faça seu Banco funcionar direito!

  1. Anônimo

    Santander ainda não resolveu o problema de Internet Banking, sou usuário de Linux Mint 14 Cinnamon. Por enquanto faço tudo em Windows 7 ( passei o fim de semana retirando Windows 8, que é RUIM, para botar de novo Windows 7). Passo 80% de tempo em Linux, é o resto em Windows. Por favor pode me mostrar como conseguir usar o Internet Banking dentro do Linux.

    Atenciosamente;

    Dennis Wright
    dwwright@attglobal.net

    Curtir

    Resposta
    1. xaoquadrado Autor do post

      Oi, eu realmente recomendo abrir um chamado no Santander e solicitar que você possa acessar sua conta bancária pela Internet sem a utilização do módulo de segurança. É um processo trabalhoso, tem que entrar com um pedido de reclamação formal pelo SuperLinha do Santander. Esta é a solução não técnica. A solução técnica é você instalar na sua máquina o Java da Oracle. Minha experiência passada não é muito feliz com este processo, mas desejo-lhe boa sorte. Tem que dar uma pesquisada no Google, mas segue um link inicial. http://community.linuxmint.com/tutorial/view/1091

      Curtir

      Resposta

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s